8 Vantagens de Aprender a Formação dos Acordes

formação dos acordes

Por que nós deveriamos aprender sobre a formação dos acordes e como devemos utilizar as fórmulas para sua construção?

Saber pelo menos a teoria básica de formação dos acordes pode fazer toda a diferença na sua capacidade de execução e improvisação musical. Isso torna a guitarra mais divertida, interessante e fará com que você veja mais sentido no que está tocando, literalmente o quebra-cabeça começa a fazer sentido.

O Que Podemos Fazer Com Uma Fórmula de Acordes?

  • Aprender como fazer seus próprios acordes
  • Descobrir como tocar um acorde quando você só tem o nome do acorde
  • Compreender a diferença entre acordes como Dom7, Maj7 e min7.
  • Fazer um acorde mais fácil de tocar
  • Transformar rapidamente um acorde de Sol maior em Gsus4, G7, Gmaj7, G13 ou qualquer outra variação em que você pensar
  • Aprender a ver como é fácil mudar de maior para menor ou qualquer outro tipo de acorde
  • Aplicar o conhecimento ao ritmo, composição, solo e improvisação
  • Descobrir como isso se relaciona com todos os aspectos da guitarra

O Que é Uma Fórmula de Acordes?

As fórmulas de acordes são sequencias de notas preestabelecidas que estruturam os acordes. Ela mostra todas as notas que fazem parte e são tocadas no acorde, ou seja, quais notas específicas compõem um acorde em particular.

As notas de um acorde são retiradas da escala maior e são referidas com os números 1 2 3 4 5 6 7 e 8 (= 1)

Exemplo:

As notas abaixo são da escala de dó maior

Nota correspondenteNúmero associado
(C) Dó1
(D) Ré2
(E) Mí3
(F) FÁ4
(G) Sol5
(A) Lá6
(B) Sí7
(C) Dó8

Aqui você pode escolher um tom da escala maior para os acordes que vamos construir na próxima seção.

Escalas Maiores em Todas as Tonalidades

Número associadoNota correspondente
8 1 Dó (C)
92 Ré (D)
103 Mí (E)
114 Fá (F)
125 Sol (G)
136 Lá (A)

A partir do 8 as notas se repetem com uma oitava acima

Escala maiorNotas da Escala
(A) Lá maiorA B C # D E F # G # A
(Bb) Si bemol maiorBb C D Eb F G A Bb
(B) Si maiorB C # D # E F # G # A # B
(C) Dó maiorC D E F G A B C
(Db) Ré bemol maiorDb Eb F Gb Ab Bb C Db
(D) Ré maiorD E F # G A B C # D
(Eb) Mi bemol maiorEb F G Ab Bb C D Eb
(E) Mi maiorE F # G # A B C # D # E
(F) Fá maiorF G A Bb C D E F
(Gb) Sol bemol maiorGb Ab Bb Cb (= B) Db Eb F Gb
(G) Sol maiorG A B C D E F # G
(Ab) Lá bemol maiorAb Bb C Db Eb F G Ab

Formação dos Acordes Maiores

Para construir um acorde precisamos da fórmula de acordes e da escala maior. Vamos construir um acorde de Dó (C) maior.

A fórmula de acordes para um acorde maior: 1 – 3 – 5
Notas da escala de Dó maior: C D E F G A B C

Agora pegamos as notas 1, 3 e 5 da escala principal. Tocar essas notas simultaneamente resultará em um acorde maior. Isso significa que um acorde de C maior consiste nas notas C E G (1 – 3 – 5)

Você pode se perguntar: “Como podemos ter três notas quando há seis cordas no violão?” Algumas notas em um acorde aparecem duas vezes. Quando você fizer um acorde de C maior, você ouve as seguintes notas iniciando da 6ª corda (a mais grossa que é a Mi) até a 1ª corda (a mais fina, Mi também):

  • Corda Mi (6ª) = nota E
  • Corda Lá = nota C
  • Corda Ré = nota E
  • Corda Sol = nota G
  • Corda Si = nota C
  • Corda Mi (1ª) = nota E

Confira alguns outros exemplos principais de acorde:

Escala de A maior: A B C# D E F# G# A
Acorde de Lá maior: A C# E (1 – 3 – 5)

Escala de G maior: G A B C D E F# G
Acorde de Sol maior: G B D (1 – 3 – 5)

Os diagramas de acordes abaixo mostram onde as notas estão nas cordas: 

acordes maiores

Formação dos Acordes Menores

Vamos pegar o acorde de A menor para este exemplo.

A fórmula de acordes para um acorde menor: 1 – b3 – 5
Notas da escala de A maior: A B C# D E F# G# A

b3 significa que você pega a terceira nota da escala maior e diminui meio tom. A terceira nota da escala de A maior é a C#, então, se você diminuir meio tom C# se torna C. Isso significa que as notas do acorde de A menor são as notas A C E (1 – b3 – 5)

Construindo um acorde Maj7
Um último exemplo: Gmaj7
Notas da escala de G maior: G A B C D E F# G
Fórmula de acordes Maj7: 1 – 3 – 5 – 7
Gmaj7: G B D F #

Outras Fórmulas de Acordes

Abaixo você pode ver os acordes mais comuns com suas respectivas fórmulas. Tomei a C como exemplo para todos os nomes de acordes.

Tipos Mais Comuns

Tipo de acordeFórmula do acordeC + nome do acorde
Maior1 - 3 - 5C ou Cmaj
Menor1 - b3 - 5 Cm, Cmin, C-
Segunda suspensa1 - 2 - 5Csus2
Quarta suspensa1 - 4 - 5Csus4
Nona adicionada1 - 3 - 5 - 9Cadd9
Com sétima 1 - 3 - 5 - b7C7, Cdom7
Com sétima maior1 - 3 - 5 - 7Cmaj7
Com sétima menor1 - b3 - 5 - b7Cm7, Cmin7, C-7

Fórmulas Maiores

Tipo de acordeFórmula do acordeC + nome do acorde
Maior1 - 3 - 5C ou Cmaj
Maior com sexta1 - 3 - 5 - 6C6, Cmaj6
Com sexta e nona1 - 3 - 5 - 6 - 9C6 / 9
Nona adicionada1 - 3 - 5 - 9Cadd9
Com sétima maior e quinta bemol1 - 3 - b5 - 7Cmaj7b5
Com sétima maior e quinta sustenida1 - 3 - #5 - 7Cmaj7 # 5
Com nona maior1 - 3 - 5 - 7 - 9Cmaj9
Com 11ª1 - 3 - 5 - 7 - (9) - 11Cmaj11
Com 13ª1 - 3 - 5 - 7 - (9) - (11) - 13Cmaj13
Sétima com 11ª sustenida1 - 3 - 5 - 7 - # 11Cmaj7 # 11
Quinta bemol1 - 3 - b5Cb5

Fórmulas Menores

Tipo de acordeFórmula do acordeC + nome do acorde
Sexta menor1 - b3 - 5 - 6Cm6, Cmin6
Sétima menor1 - b3 - 5 - b7Cm7, Cmin
Menor com nona adicionada1 - b3 - 5 - 9Cmadd9
Menor com sexta e nona adicionada1 - b3 - 5 - 6 - 9Cm6 / 9
Com a nona1 - b3 - 5 - b7 - 9Cm9
Com a 11ª1 - b3 - 5 - b7 - (9) - 11Cm11
Com a 13ª1 - b3 - 5 - b7 - (9) - (11) - 13Cm13
Com a 7ª maior1 - b3 - 5 - 7Cm (Maj7)
Com a 9ª maior1 - b3 - 5 - 7 - 9Cm (Maj9)
Com a 11ª maior1 - b3 - 5 - 7 - (9) - 11Cm (Maj11)
Com a 13ª maior1 - b3 - 5 - 7 - (9) - (11) - 13Cm (Maj13)
Com a 7ª menor e 5ª sustenida1 - b3 - b5 - b7Cm7b5

Divirtam-se! 🙂

Um curso completo e muito bom sobre teoria musical é a → Fórmula Violão. Lá o professor ensina ritmos,  harmonia musical e formação de escalas e acordes

Vote por favor!
[Média: 5]
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe um comentário

error: