10 Boas Razões Para Você Aprender Escalas

A maioria dos iniciantes e até alguns guitarristas intermediários evitam as escalas. Uma escala não soa legal e pode ser difícil e aborrecido praticá-las.

Mas uma vez que você conhece o potencial por trás das escalas, um mundo de possibilidades se abrirá para você.

Se você praticar e estudar as escalas regularmente, você obterá os benefícios desta ferramenta que tem a resposta para todas as suas perguntas e esta relacionado com tudo o que você toca, quer você goste ou não. 😉

Então, vamos dar uma olhada nos 10 motivos para aprender escalas agora.

Os 10 Motivos Para se Aprender Escalas

1. Analisar os acordes

Conhecer as escalas lhe proporcionará a capacidade de analisar, entender e descobrir a estrutura dos acordes. Você entenderá a composição dos acordes, porque eles são tocados e nomeados de determinada maneira, e por que ele soa desse jeito.

A teoria dos acordes te proporciona o conhecimento para calcular e analisar cada acorde que é colocado na sua frente. Conhecer e entender as escalas e a teoria dos acordes tornará tudo mais fácil de entender.

2. Criar progressões de acordes

Da mesma forma, as escalas nos fornecem as notas e as fórmulas para construir as nossas próprias progressões de acordes. Você entenderá como os acordes se combinam e por que soam bem quando tocados numa sequência, criando assim, sonoridade.

Você aprenderá a relação entre acordes e escalas e como eles interagem. Então, se um guitarrista pede que você execute uma progressão de acordes no tom de Sol Maior, para um acompanhamento em que ele vá solar, você poderá fazer isso.

3. Escrever sua própria música

Uma vez que você aprende a criar suas próprias progressões de acordes através das escalas, você também poderá escrever suas próprias músicas. Coloque os acordes em qualquer ordem que você quiser e escreva suas próprias letras e melodia.

Você pode usar as notas da escala para criar a melodia, que acompanha as letras, e cantar em cima da sua progressão de acordes. Para os acordes, você pode usar as progressões comumente usadas (você é livre para usá-las para suas próprias músicas) ou faça uma para si mesmo.

4. Tirar músicas

Quando você entender como os acordes e as progressões se relacionam entre si, você achará muito mais fácil transcrever músicas. Por exemplo, quando uma música está no tom de dó maior, você saberá quais os acordes e os tipos de acordes que se encaixam no resto da música.

Usar os seus ouvidos e seu conhecimento de escalas é uma combinação muito eficaz para descobrir os acordes de uma música.

5. Ser capaz de entender e tirar os solos (mais rápido)

Como você será capaz de tirar músicas a partir dos acordes, você também poderá transcrever os solos. E, embora seja possível tirar solos de ouvido, saber suas escalas tornará a transcrição umas dez vezes mais rápido.

Os solos são construídos a partir de escalas. Se você conhece a escala que se aplica ao solo, todos os pedaços do quebra-cabeça irão se unir e tudo fará mais sentido.

6. Criar seus próprios solos

Quando você souber como transcrever um solo, você também poderá aprender a criar um. Conhecer a(s) escala(s) é como se você tivesse uma paleta de cores a partir da qual você pode desenhar.

A escala é a base para o seu solo e o mapa no qual você navegará. Uma vez que você conhece a escala, você pode deixar sua criatividade te levar em qualquer direção.

7. Adquirir habilidades de solo e improvisação

Se você for capaz de criar seu próprio solo, poderá avançar para o próximo nível... a "Improvisação". A improvisação é criar um solo na hora. Ao aprender uma escala você tem a habilidade de solar e improvisar sobre músicas e progressões de acordes.

Com cada nova escala que você aprende você amplia seu vocabulário e a sua capacidade de improvisação para estilos novos e diferentes de música. A improvisação é a liberdade para se soltar no braço da guitarra.

8. Desenvolver sua destreza e aumentar sua velocidade

Duas habiliades pelo preço de uma. A prática de escalas lhe dará as ferramentas para aprender a solo e improvisar, mas também desenvolve sua destreza. A prática regular de escalas irá desenvolver agiliade e aumentar sua velocidade.

9. Treinar suas habilidades auditivas

As escalas fornecem as ferramentas para treinar sua habilidade auditiva. Pratique sua escala e cante as notas da escala enquanto você toca. Isso irá desenvolver seu ouvido.

Existem inúmeros exercícios usando escalas para desenvolver suas habilidades auditivas, que é uma das ferramentas mais valiosas para aprender a tocar guitarra.

10. Aumentar a diversão

Aprender e dominar as escalas definitivamente aumentarão o fator "diversão". Uma vez que você entende o que está tocando e desenvolve as habilidades e a destreza necessárias você vai gostar de tocar guitarra muito mais do que você já toca.

Então, o que você está esperando?

E Como Fazer Isso?

aprendendo escals na guitarra

1. Escolha uma escala

Dependendo do seu nível de habilidade e preferência musical, escolha uma escala para praticar. As escalas mais importantes para a música ocidental são a escala pentatônica, a escala maior e a escala menor natural.

Se você está começando, inicie com a pentatônica/blues ou com a escala maior. Você pode muito bem construir uma carreira com essas duas escalas, então treine e aprenda bem essas duas escalas.

Se você é um guitarrista mais avançado, você pode estudar os modos dório, mixolídio e a escala menor harmônica. Se quiser mais escalas, verifique as 10 Escalas Mais Importantes para Guitarra.

Pratique todo dia por 15 minutos para desenvolver a destreza e desenvolver sua capacidade de improvisar e descobrir como a coisa toda funciona.

2. Treine os padrões e sequências

Pratique padrões (patterns) e sequências melódicas. Os padrões desenvolverão a sua memória muscular, a agilidade e tornarão suas escalas mais parecidas com música e menos com... escalas.

Você pode incorporar os padrões em seu solo e, ao mesmo tempo, é um exercício eficaz para aprender a tocar a escala e aumentar a sua inspiração para frases e melódias.

3. Aprenda em diferentes tonalidades

Aprenda a tocar cada escala em diferentes tonalidades. Como guitarrista você quer aprender a solar e improvisar ao longo de todo o braço da guitarra. O local do braço em que você começar a tocar a escala determinará em qual tom você está tocando.

Por exemplo, se você tocar a escala pentatônica de Lá começando no 5º casa da 6ª corda e você mover toda a escala meio tom (uma casa), você terá a escala pentatônica de Lá#. Mova a escala para mais 01 casa e você estará tocando a pentatônico de Sí e assim por diante. Pratique sua escala em todos os tons possíveis, adquirindo assim,  desenvoltura ao longo do braço da guitarra.

4. Crie melodias

Tente criar pequenas melodias usando somente as notas da escala que está estudando. Toque com tempo e ritmo (use o metrônomo). Estenda ou encurte a duração de algumas notas.

Use martelos, puxa offs, slides, bend-ups para fazer sua melodia realmente ganhar vida. Aprender a criar melodia e improvisar leva tempo, então apenas toque, pratique e experimente todos os dias com foco e determinação.

5. Pratique regularmente com um objetivo

Estude a escala regularmente. Mas pratique-a realmente pensando nela. Toque a escala lentamente, de forma "limpa" e detalhadamente, aplique os padrões, analise a estrutura e obtenha progressões das escalas. Aprenda a criar melodias, solos e improvise com elas.

Se você estiver interessado em um conteúdo de alta qualidade, que irá te proporcionar um método de aprendizado acelerado e com um cronograma completo dê uma confirida no curso → Guitarra Rock 2.0

Vote por favor!
[Média: 5]
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe um comentário

error: